top of page

Maneiras simples de apoiar a agricultura sustentável e culturas orgânicas

Tanto a agricultura sustentável quanto a cultura orgânica buscam preservar os recursos naturais, promover a biodiversidade e minimizar os impactos negativos da produção agrícola no meio ambiente


As práticas conservadoras e tradicionais da agricultura estão tendo cada vez menos espaço no cenário atual ao vermos o avanço da sustentabilidade no campo. Segundo a EMBRAPA, a agricultura brasileira apresenta um avanço lento, porém gradual, para a implementação de práticas sustentáveis nos métodos de cultivo das lavouras.


E, em um mundo onde consumidores e empresas estão cada vez antenados sobre a forma de produção dos produtos que consomem e sobre a responsabilidade ambiental das empresas que os produzem, é primordial que a sustentabilidade e a agricultura caminhem juntas.


Mas afinal, o que é agricultura sustentável e como é possível colocá-la em prática?


O que é agricultura sustentável e culturas orgânicas?


A agricultura sustentável é um método de cultivo que visa produzir alimentos para minimizar os impactos negativos no meio ambiente, preservando os recursos naturais, garantindo a viabilidade econômica e respeitando as necessidades sociais e culturais das comunidades rurais.


Esse tipo de agricultura busca aumentar a eficiência do uso dos recursos naturais, reduzir o uso de agrotóxicos e adubos químicos sintéticos, além de promover a biodiversidade e a saúde dos solos e dos ecossistemas agrícolas.


As culturas orgânicas, por sua vez, são um tipo de agricultura sustentável que utiliza métodos de cultivo que evitam o uso de pesticidas e fertilizantes químicos sintéticos. A produção orgânica utiliza técnicas agrícolas que promovem a saúde do solo e da biodiversidade local, como o uso de adubos orgânicos, rotação de culturas, controle biológico de pragas e doenças, entre outras.


A agricultura sustentável e as culturas orgânicas têm como objetivo produzir alimentos saudáveis, preservar o meio ambiente e garantir a sustentabilidade do sistema produtivo. Esses métodos de produção são importantes para reduzir os impactos negativos da agricultura convencional no meio ambiente, garantir a saúde dos consumidores e promover uma remuneração mais justa para os produtores rurais.


Mas, apesar de a agricultura sustentável e a agricultura orgânica terem conceitos relacionados, eles não são sinônimos.


Ou seja, a principal diferença entre agricultura sustentável e agricultura orgânica é que a agricultura sustentável é um conceito mais amplo, que inclui várias práticas agrícolas que podem ou não ser orgânicas, enquanto a agricultura orgânica é uma forma específica de agricultura sustentável que segue um conjunto de diretrizes rigorosas para a produção de alimentos.


Qual o objetivo da agricultura sustentável e culturas orgânicas


O principal objetivo da agricultura sustentável e das culturas orgânicas é produzir alimentos de maneira ambientalmente responsável e socialmente justa, ao mesmo tempo em que mantém a viabilidade econômica do sistema produtivo.


A agricultura sustentável busca preservar os recursos naturais, promover a biodiversidade e minimizar os impactos negativos da produção agrícola no meio ambiente.


Já a produção de culturas orgânicas, por sua vez, é uma forma específica de agricultura sustentável que se concentra em evitar o uso de pesticidas e fertilizantes químicos sintéticos e, em vez disso, utiliza técnicas agrícolas que promovem a saúde do solo e a biodiversidade local.


Outros objetivos da agricultura sustentável e das culturas orgânicas incluem:


  • Reduzir a poluição do solo, água e ar

  • Preservar e melhorar a qualidade dos recursos naturais, como solo, água e biodiversidade

  • Garantir a segurança alimentar e nutricional da população

  • Promover a saúde dos consumidores, evitando o uso de pesticidas e fertilizantes químicos sintéticos

  • Garantir o bem-estar animal e promover práticas de criação éticas

  • Promover a justiça social e econômica para os produtores rurais, incentivando sistemas de comércio justo e de apoio à produção local

Quais os seus benefícios?


A agricultura sustentável e as culturas orgânicas apresentam vários benefícios para o meio ambiente, para a saúde humana e para a economia. Alguns dos principais benefícios são:


Preservação do meio ambiente: utilizam práticas que preservam os recursos naturais, reduzem a erosão do solo, melhoram a qualidade da água e do ar, e promovem a biodiversidade.


Alimentos saudáveis: as culturas orgânicas produzem alimentos livres de pesticidas e fertilizantes químicos sintéticos, o que os torna mais saudáveis e seguros para o consumo humano.


Melhora da saúde humana: podem reduzir a exposição humana a substâncias tóxicas presentes em pesticidas e fertilizantes, e proporcionar alimentos mais saudáveis.


Estímulo à economia local: fortalecer as economias locais, proporcionando empregos e estimulando o comércio justo e a produção local.


Proteção da biodiversidade: ajudam a proteger a biodiversidade local, favorecendo o uso de espécies nativas e promovendo a diversidade genética das culturas.


Redução do aquecimento global: a agricultura sustentável pode ajudar a reduzir as emissões de gases de efeito estufa por meio do sequestro de carbono no solo, e do uso de técnicas de produção que reduzem o consumo de combustíveis fósseis e a emissão de poluentes na atmosfera.


Como apoiar a agricultura sustentável e agricultura orgânica


Existem várias maneiras de apoiar a agricultura sustentável e a agricultura orgânica como:


Compre alimentos orgânicos de produtores locais


Procure por alimentos orgânicos em sua mercearia local ou em mercados de produtores locais. Ao comprar alimentos orgânicos, você ajuda a apoiar os produtores que utilizam práticas agrícolas mais saudáveis e sustentáveis.


E ao comprar alimentos de produtores locais, você ajuda a promover a economia local e a reduzir a pegada de carbono associada ao transporte de alimentos. Além disso, muitos produtores locais utilizam práticas agrícolas sustentáveis e orgânicas.


Conheça os produtores


Conhecer os produtores locais de alimentos pode ajudar a entender melhor como os alimentos são produzidos e a fazer escolhas mais informadas. É possível visitar fazendas locais, participar de feiras de produtores ou até mesmo pesquisar sobre as práticas agrícolas de seus fornecedores.


Apoie políticas de sustentabilidade


Apoie políticas públicas que promovam a agricultura sustentável e a agricultura orgânica. Isso pode incluir políticas que incentivem práticas agrícolas mais sustentáveis, a proteção do meio ambiente e a promoção da saúde humana.


Reduza o desperdício de alimentos


O desperdício de alimentos é um problema ambiental significativo e contribui para as emissões de gases de efeito estufa. Compre apenas o que você precisa, utilize os alimentos antes que eles estraguem e doe alimentos não utilizados para bancos de alimentos locais.


Eduque-se e leve conhecimento a quem você conhece


Informe-se sobre as práticas agrícolas sustentáveis e orgânicas e compartilhe esse conhecimento com sua família, amigos e comunidade. A conscientização sobre a importância da agricultura sustentável pode ajudar a criar um futuro mais saudável e sustentável para todos.


A agricultura sustentável e culturas orgânicas na Sta Julieta Bio


Na Fazenda Sta. Julieta Bio, a mudança começa na terra e trabalhamos com o modelo CSA - Comunidades que sustentam a agricultura -, resgatando a conexão das pessoas com o alimento, bem como ajudando na preservação do meio ambiente, por meio da produção de alimentos orgânicos por meio da agricultura sustentável.


Aqui, desenvolvemos um projeto de produção orgânica em agrofloresta e em hortas, que está regenerando o solo degradado por meio da inteligência da natureza, para poder dividir esse conhecimento com outros produtores, agrônomos e consumidores.


Faça parte dessa transformação, faça parte do modelo CSA! Seja um membro e tenha todas as vantagens de fazer parte da nossa comunidade.



Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Instagram
  • Facebook Social Icon
bottom of page