top of page

Facilitando a nutrição com escolhas de alimentos naturais

Escolher uma alimentação saudável, não é somente optar por um estilo de vida, mas sim comer alimentos que trazem benefícios ao corpo e ao meio ambiente


A nutrição baseada na escolha de alimentos naturais é um estilo de alimentação que se concentra em comer alimentos que são o mais próximo possível da sua forma natural. Isso inclui frutas, legumes, grãos integrais, nozes, sementes, carnes magras e proteínas vegetarianas, como feijão e tofu.


A ideia por trás deste estilo de alimentação é que os alimentos naturais são mais nutritivos e menos processados, e oferecem uma fonte mais saudável de nutrientes e calorias. Além disso, eles também podem ser mais saborosos e satisfatórios do que alimentos processados ou ultraprocessados.


No entanto, é importante lembrar que nem todos os alimentos rotulados como "naturais" são necessariamente saudáveis. Alguns podem conter aditivos, açúcares adicionados e outros ingredientes pouco saudáveis. Por isso é importante ler os rótulos dos alimentos e optar por aqueles que sejam o mais simples possível, com poucos ingredientes.


Em resumo, escolher alimentos naturais é uma ótima maneira de nutrir o seu corpo de forma saudável e equilibrada, mas é importante fazer escolhas conscientes e informadas.


O que é alimentação saudável?


Uma alimentação saudável é um estilo de vida que inclui o consumo de uma ampla variedade de alimentos nutritivos em quantidades adequadas, com o objetivo de manter ou melhorar a saúde e o bem-estar geral.


Isso significa incluir uma ampla variedade de frutas, legumes, grãos integrais, proteínas magras, gorduras saudáveis em sua dieta, e limitar ou evitar alimentos processados, refinados e ricos em açúcares e gorduras saturadas.


A alimentação saudável também pode incluir hábitos alimentares saudáveis, como comer regularmente em porções controladas, evitar o consumo excessivo de calorias e escolher opções de alimentos mais saudáveis quando fora de casa.


Além disso, é importante lembrar que a nutrição adequada é uma parte importante de uma vida saudável e pode ajudar a prevenir doenças crônicas, como doenças cardíacas, derrames, diabetes tipo 2 e certos tipos de câncer. Por isso, é importante seguir uma alimentação equilibrada e saudável, além de uma rotina de atividade física regular.


Características da alimentação saudável


De forma simples, podemos dizer que a alimentação saudável tem algumas características:


  • proporciona todos os nutrientes (carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais) que o corpo precisa para funcionar bem;

  • utiliza a melhor versão dos alimentos no que diz respeito ao seu nível de processamento e forma de preparo;

  • reduz drasticamente ou elimina produtos que prejudicam a saúde.


Ao contrário do que as pessoas pensam, alimentar-se de forma saudável é muito mais fácil e barato do que utilizar os produtos convencionais. Um princípio simples é desembalar menos e descascar mais, ou seja, usar uma quantidade menor de produtos industrializados e restaurar o hábito de comer verduras e frutas in natura, por exemplo.


Por que é importante cuidar da nutrição para a saúde?


Em um estudo publicado no periódico The Lancet, os pesquisadores analisaram dados coletados em 195 países diferentes. Eles selecionaram 15 fatores de risco alimentar e estabeleceram a relação de causalidade entre os hábitos alimentares, mortes e anos de vida saudável perdidos.


Entre esses 15 fatores de risco alimentar, podemos destacar o baixo consumo de alimentos como verduras, legumes, frutas, nozes e sementes. Por outro lado, eles analisaram também o aumento na ingestão de açúcar, carnes vermelhas, gordura trans, sódio, bebidas adoçadas como refrigerantes, etc.


A nutrição é importante para a saúde por vários motivos, incluindo:


Fornece energia: a comida fornece a energia que o corpo precisa para funcionar corretamente. Sem a nutrição adequada, o corpo pode ficar sem energia e ficar mais suscetível a doenças.


Mantém o corpo funcionando corretamente: os nutrientes nas alimentações são importantes para manter o corpo funcionando corretamente. Por exemplo, as proteínas ajudam a construir músculos, enquanto as vitaminas e minerais mantêm o sistema imunológico saudável.


Ajuda a controlar o peso: uma alimentação saudável e equilibrada ajuda a controlar o peso, pois fornece a quantidade certa de nutrientes e calorias que o corpo precisa, sem o excesso de gorduras e açúcares adicionados.


Previne doenças: uma alimentação saudável pode ajudar a prevenir uma série de doenças, incluindo doenças cardíacas, derrames, diabetes tipo 2, certos tipos de câncer e obesidade.


Melhora o bem-estar geral: além de prevenir doenças, uma alimentação saudável também pode ajudar a melhorar o bem-estar geral, incluindo a saúde mental e física, aumentando a energia e a concentração.


Cuidar da nutrição é importante para manter o corpo funcionando corretamente, prevenir doenças e melhorar o bem-estar geral. Por isso, é importante seguir uma alimentação equilibrada e saudável, com uma variedade de alimentos nutritivos.


Como os alimentos naturais e orgânicos facilitam a nutrição


Embora esses termos sejam frequentemente usados ​​como sinônimos, os alimentos orgânicos, naturais e saudáveis têm significados diferentes.


Alimentos orgânicos são cultivados sem pesticidas artificiais, fertilizantes e herbicidas. Orgânicos à base de carne, ovos e produtos lácteos são obtidos a partir de animais que são alimentados com alimentos naturais e sem hormônios ou antibióticos.


Alimentos naturais são aqueles livres de ingredientes sintéticos, artificiais ou aditivos.


Já o termo “alimentos saudáveis” pode ser aplicado a alimentos naturais, orgânicos ou para regular alimentos que sofreram menos processamento do que o habitual, como os grãos integrais nas farinhas.


Alimentos naturais e orgânicos podem contribuir para uma nutrição adequada de várias maneiras, incluindo:


Maior teor de nutrientes: alimentos naturais e orgânicos tendem a conter mais nutrientes do que alimentos processados e refinados. Isso significa que eles podem fornecer mais vitaminas, minerais e outros nutrientes importantes para a saúde.


Menor teor de aditivos: alimentos orgânicos são cultivados sem o uso de pesticidas e outros químicos, enquanto os alimentos naturais geralmente não contêm aditivos artificiais. Isso pode significar uma menor exposição a substâncias potencialmente nocivas para a saúde.


Maior variedade de micronutrientes: alimentos naturais e orgânicos incluem uma variedade de micronutrientes, incluindo fitoquímicos e antioxidantes, que podem ajudar a proteger o corpo contra doenças e melhorar a saúde geral.


Maior sabor: alimentos naturais e orgânicos tendem a ter um sabor mais intenso e autêntico do que alimentos processados, o que pode tornar mais fácil manter uma dieta equilibrada e saudável.


Menor exposição a resíduos de pesticidas: alimentos orgânicos são cultivados sem o uso de pesticidas, o que significa que eles podem conter menores quantidades de resíduos de pesticidas do que alimentos convencionais. Isso pode reduzir a exposição a essas substâncias.


Consumir alimentos naturais e orgânicos pode ajudar a melhorar a nutrição e a saúde, oferecendo mais nutrientes e menor exposição a substâncias potencialmente prejudiciais.


O que são alimentos naturais e como eles são produzidos?


Os alimentos naturais são aqueles alimentos produzidos pela natureza, ou seja, eles não passam por processos industriais, como refinamento, pasteurização e adição de substâncias químicas (corantes, conservantes, aromatizantes, realçadores de sabor).


Muitas vezes, eles chegam ao prato da mesma forma que saíram da natureza, com suas imperfeições no formato ou textura da casca e não dentro de um padrão estabelecido pela indústria.


São alimentos mais saudáveis e suas vitaminas e minerais são mais bem aproveitados pelo nosso organismo, uma vez que não contêm substâncias químicas que atrapalham o processo de digestão e absorção dos seus nutrientes, contribuindo assim para uma rotina alimentar mais saudável.


Como é a produção dos alimentos naturais?


A produção de alimentos naturais geralmente envolve práticas agrícolas sustentáveis, como o uso limitado de pesticidas e fertilizantes químicos, e a preservação da biodiversidade. Alguns alimentos naturais podem ser produzidos de forma orgânica, ou seja, sem o uso de pesticidas, herbicidas ou outros químicos sintéticos, como é feito nos sistemas agroflorestais (SAFs) e no modelo CSA - Comunidade que Sustenta a Agricultura.


A produção no sistema agroflorestal


Um sistema agroflorestal é uma abordagem integrada de produção agrícola e florestal que combina árvores e culturas agrícolas em uma única unidade de produção. Este sistema busca combinar os benefícios de ambas as práticas para aumentar a sustentabilidade e a produtividade da terra, além de preservar o meio ambiente.


Os sistemas agroflorestais podem incluir a plantação de árvores como proteção contra o vento e a erosão do solo, ou para fornecer sombra para as culturas agrícolas. As árvores também podem fornecer madeira, frutos, sementes e outros produtos, e ajudar a melhorar a qualidade do solo ao fornecer matéria orgânica e fixar nitrogênio. Além disso, os sistemas agroflorestais são frequentemente projetados de forma a proteger habitats e aumentar a biodiversidade.


Os sistemas agroflorestais são uma abordagem integrada para a produção agrícola e florestal que busca maximizar a produtividade, preservar o meio ambiente e aumentar a sustentabilidade da terra.


A produção no modelo CSA


O modelo de Comunidade que Sustenta a Agricultura (CSA) é uma abordagem de agricultura baseada na comunidade que busca promover a agricultura sustentável e a segurança alimentar.


No CSA, os membros da comunidade se comprometem a apoiar o agricultor financeiramente no início da temporada de plantio, em troca de uma porção regular de produtos frescos durante toda a temporada. Isso permite que o agricultor tenha mais estabilidade financeira e possa se concentrar na produção de alimentos saudáveis, sem se preocupar tanto com a incerteza do mercado.


Além disso, o CSA tem como objetivo promover a agricultura sustentável, a segurança alimentar e a construção de comunidades resilientes e autossuficientes e incentiva o uso de práticas agrícolas sustentáveis, como a agricultura sem agrotóxicos e a conservação do solo, e promove a diversidade genética e o uso de variedades locais de plantas.


O CSA na Fazenda Sta. Julieta Bio


Na Fazenda Sta. Julieta Bio, a mudança começa na terra e trabalhamos com o modelo CSA - Comunidades que sustentam a agricultura -, ajudando na preservação do meio ambiente, por meio da produção de alimentos orgânicos.


O trabalho e cuidado que temos na Fazenda é recompensado e queremos estar presentes na mesa de pessoas que se importam com um sistema alimentar sustentável.


Nós acreditamos que a distribuição da nossa produção pode ser tão sustentável quanto a maneira que trabalhamos para cultivá-la e que as pessoas podem se unir para tornar a economia cada vez mais colaborativa.


E para fazer parte dessa transformação, faça parte do modelo CSA. Seja um membro e tenha todas as vantagens de fazer parte da nossa comunidade.




Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Instagram
  • Facebook Social Icon
bottom of page