top of page

Como as pequenas fazendas são afetadas pela agricultura apoiada pela comunidade

O principal objetivo do CSA é fornecer alimentos saudáveis e sustentáveis, mas essa prática também pode ter um impacto positivo para os pequenos produtores


O CSA - Comunidade que Sustenta a Agricultura ou Agricultura Sustentável Apoiada pela Comunidade, é um modelo de agricultura que envolve uma relação direta entre os agricultores e os consumidores locais, com o objetivo de fornecer alimentos frescos, saudáveis e cultivados de forma sustentável.


Nesse modelo, os consumidores se comprometem a apoiar financeiramente os agricultores locais, adquirindo cotas de produção antecipadamente, que serão entregues ao longo da temporada de colheita. Em troca, os agricultores se comprometem a cultivar alimentos frescos e saudáveis, utilizando técnicas de agricultura sustentável que respeitam o meio ambiente, a biodiversidade e a saúde dos trabalhadores.


Quais os principais benefícios do CSA?


O modelo CSA possui vários benefícios, e você confere abaixo os principais deles:


Venda direta aos membros


O CSA permite às pequenas fazendas vender diretamente seus produtos aos membros, também chamados de co-produtores, eliminando a necessidade de intermediários como distribuidores ou supermercados.


Isso pode aumentar a renda da fazenda e reduzir o preço final para o co-produtor, já que não há margem de lucro de intermediários.


Venda antecipada


O CSA baseia-se em uma relação de confiança entre os produtores e os membros, onde os membros compram uma "cota" de alimentos antecipadamente para serem entregues durante a temporada de colheita.


Por conta disso, os agricultores conseguem ter um fluxo de caixa antecipado que pode ser usado para planejar a produção e aprimorar a fazenda.


Planejamento antecipado


Ao saber com antecedência o número de consumidores que compraram cotas de alimentos, os agricultores podem planejar sua produção com mais eficiência, plantando apenas o necessário e reduzindo o desperdício de alimentos.


Fidelização de clientes


Ao participar do CSA, os consumidores desenvolvem uma relação de confiança com os agricultores, conhecendo a origem de seus alimentos e como são produzidos.


Com isso é possível haver a fidelização dos consumidores e uma demanda constante por seus produtos, o que é especialmente importante para pequenas fazendas.


Feedback direto dos consumidores


Ao fornecer alimentos diretamente aos consumidores, os agricultores do CSA também conseguem receber um feedback direto sobre a qualidade e o sabor dos alimentos, permitindo que eles melhorem seus produtos e ajustem sua produção de acordo com as preferências dos consumidores.


Diversificação de culturas


Para atender às necessidades e preferências dos consumidores, os agricultores do CSA podem diversificar suas culturas, oferecendo uma ampla variedade de alimentos sazonais.


Isso faz com que a resiliência da fazenda aumente, uma vez que a diversificação reduz o risco de perda de culturas em caso de problemas climáticos ou de mercado.


Como as pequenas fazendas se beneficiam com o CSA?


Agora que você já conhece os principais benefícios do CSA, pode estar se perguntando como ele pode beneficiar as fazendas, especialmente as pequenas. Além dos itens listados acima, os pequenos produtores de beneficiam com:


Cuidado com o solo


Embora o principal objetivo do CSA seja fornecer alimentos saudáveis e sustentáveis, essa prática também pode ter um impacto positivo no cuidado com o solo.


A agricultura praticada no CSA é, geralmente, baseada em técnicas de agricultura regenerativa, que se concentram na melhoria da saúde do solo. Essas técnicas incluem o plantio de culturas diversificadas, a rotação de culturas, a adição de compostos orgânicos ao solo e a redução do uso de pesticidas e fertilizantes químicos.


Ao adotar essas práticas de agricultura regenerativa, os agricultores do CSA podem melhorar a qualidade do solo, tornando-o mais fértil e saudável. Isso pode levar a um aumento na produção de alimentos, uma vez que o solo saudável é capaz de fornecer os nutrientes necessários para o crescimento das plantas.


Além disso, a agricultura praticada pelo CSA é geralmente realizada em pequenas propriedades, o que reduz a pressão sobre o solo e ajuda a preservar a biodiversidade. Essa abordagem também pode ajudar a proteger as áreas naturais, que são importantes para o equilíbrio ecológico.


Remuneração justa, sem exploração do trabalho


Um dos princípios do CSA é a relação direta entre produtores e consumidores, promovendo a produção e consumo de alimentos orgânicos e sustentáveis. Dessa forma, o CSA pode ajudar na remuneração justa dos agricultores e na redução da exploração do trabalho de várias maneiras, como:


Preços justos: os membros do CSA pagam preços justos pelos alimentos produzidos pelos agricultores, o que ajuda a garantir uma remuneração justa para o trabalho dos agricultores. Como os produtores do CSA vendem diretamente aos consumidores, sem intermediários, eles podem estabelecer preços justos que reflitam o verdadeiro custo de produção dos alimentos.


Respeito à legislação trabalhista: os agricultores que participam do CSA devem respeitar as leis trabalhistas e remunerar justamente seus funcionários. Os consumidores do CSA têm a oportunidade de conhecer as práticas dos agricultores em relação à remuneração dos trabalhadores e podem escolher apoiar aqueles que se esforçam para respeitar os direitos trabalhistas.


Trabalho mais consciente e sustentável, além do respeito às pessoas e ao meio ambiente


O modelo do CSA está baseado em diversos princípios que favorecem a produção agrícola responsável e sustentável, além de promover uma abordagem mais justa e sustentável para a produção e o consumo de alimentos, valorizando a relação entre agricultores e consumidores e promovendo práticas agrícolas responsáveis e amigáveis ao meio ambiente.


Agricultura orgânica


O CSA promove a agricultura orgânica, que utiliza práticas agrícolas sustentáveis, como o uso de adubos orgânicos, controle natural de pragas, rotação de culturas e manejo adequado do solo.


A agricultura orgânica é uma alternativa mais sustentável e amigável ao meio ambiente, que ajuda a reduzir o uso de agrotóxicos e adubos químicos e não expõe os trabalhadores a riscos de intoxicação pelo uso de veneno nas plantações.


Redução de resíduos


O CSA utiliza embalagens e materiais de transporte reutilizáveis ou recicláveis, o que ajuda a reduzir a quantidade de resíduos produzidos e diminui a poluição gerada pelos materiais descartados.


Os agricultores do CSA geralmente procuram utilizar recursos disponíveis em sua região, o que também ajuda a reduzir o impacto ambiental do transporte dos alimentos.


Produção local


Esse modelo promove a produção local, o que ajuda a reduzir a pegada de carbono associada ao transporte de alimentos de longas distâncias. Ao comprar alimentos produzidos localmente, os consumidores do CSA também ajudam a apoiar a economia local, contribuindo para o desenvolvimento de comunidades rurais e para a criação de empregos no campo.


Uso de variedades locais


O CSA também ajuda a preservar variedades locais de alimentos que estão em risco de desaparecer, o que auxilia na manutenção da diversidade genética das plantas cultivadas.


Essa diversidade é importante para garantir a segurança alimentar, pois aumenta a resiliência das plantas em face de doenças, pragas e condições climáticas adversas.


Educação e conscientização


O CSA ainda pode ajudar a educar e conscientizar os consumidores sobre a importância de uma produção de alimentos mais sustentável.


Os agricultores geralmente têm a oportunidade de compartilhar suas práticas agrícolas e conhecimentos com os consumidores, ajudando a aumentar a compreensão sobre as escolhas alimentares e o impacto ambiental.


Como é o CSA na Sta. Julieta Bio?


Aqui na Fazenda Sta. Julieta Bio, acreditamos que a mudança começa na terra. Por isso, trabalhamos com o modelo CSA, onde buscamos resgatar a conexão das pessoas com o alimento.


Por aqui, buscamos proporcionar para as pessoas um alimento saudável ao mesmo tempo em que trabalhamos de uma forma sustentável do começo ao fim da cadeia de produção.


Além disso, ao produzirmos um alimento orgânico, que tem mais sabor e qualidade, queremos resgatar a cultura alimentar e ser uma opção para o consumidor, que tem em mãos o poder de escolha e transformação.


Quer fazer parte dessa transformação? Venha fazer parte do modelo CSA da Fazenda Sta. Julieta Bio. Seja um membro e tenha todas as vantagens de fazer parte da nossa comunidade.



Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Instagram
  • Facebook Social Icon
bottom of page